X


AFINAL, QUAIS SÃO AS VANTAGENS DOS PRÉ-MOLDADOS?

15/10/2018 | Dicas

Com a modernização da construção civil e a busca incansável pela redução de custos, rapidez e sustentabilidade é indiscutível que estruturas pré-fabricadas ou pré-moldadas vão de encontro a estas premissas, sendo crescente sua aplicação em vários tipos de obras.

 

Apesar de serem expressões similares, comumente utilizadas como sinônimos, estruturas pré-fabricadas e pré-moldadas têm significados distintos; e se diferem basicamente pelo processo produtivo. Ambos os sistemas apresentam uma série de vantagens que podem agregar benefícios as obras. A NBR9062 – Projeto e execução de estruturas de concreto pré-moldado fornece as definições e especificações para estes tipos de estrutura.

 

Conhecendo a diferença entre o pré-fabricado e o pré-moldado:

 

Conforme a NBR9062, elemento pré-moldado é o “elemento moldado previamente e fora do local de utilização definitiva na estrutura”.  As exigências de controle de qualidade e produção deste tipo de estrutura é menos rigoroso que o pré-fabricado.

 

Entretanto são significa que tem qualidade inferior. Geralmente a instalação para produção de estruturas pré-moldadas é feita dentro do próprio canteiro da obra, ou próxima do local de instalação definitiva da estrutura. Atenção especial deve ser dada ao impacto ambiental, destinação de resíduos e atendimento à legislação.

 

As características e sofisticação destas instalações dependem do tipo de produção, prazos e produtividade que se quer alcançar. Este tipo de produção não necessita de transporte e não há incidência de impostos de produção industrial e de circulação de mercadorias.

 

Elemento pré-fabricado de acordo com a NBR9062, é o “elemento pré-moldado executado industrialmente em instalações permanentes de empresa destinada a este fim”.  Neste caso a produção é realizada de forma industrial, garantindo assim, melhores condições de fabricação e controle de qualidade mais rigoroso, normalmente abrangendo todas etapas da fabricação.

 

A norma fornece também requisitos mínimos a serem atendidos pelos pré-fabricados, tais como: mão de obra treinada e especializada, laboratório próprio para ensaios de recebimento e controle, uso de máquinas e equipamentos industriais, identificação individualizada e inspeção registrada dos elementos fabricados.

 

A utilização de um ou outro sistema dependem das características de cada obra, da localização e recursos disponíveis. Podendo inclusive serem utilizados em conjunto na mesma obra. Um planejamento bem feito e estudo da obra podem definir o melhor sistema para cada caso.

 

Conheça algumas vantagens das estruturas pré-fabricadas ou pré-moldadas:

 

As inúmeras vantagens da utilização do concreto pré-moldado fazem deste sistema uma excelente alternativa e são responsáveis pelo seu crescimento e difusão. O aspecto econômico, rapidez de execução e sustentabilidade são os maiores atrativos. Conheça agora alguns outros benefícios:

 

  • Menor tempo de retorno do investimento;
  • Melhor controle de custo;
  • Redução ou até eliminação de alguns custos indiretos;
  • Rapidez na execução da obra;
  • Otimização e confiabilidade no cumprimento do cronograma;
  • Maior qualidade na gestão do projeto;
  • Garantia de qualidade e rastreabilidade;
  • Maior qualidade e durabilidade do concreto;
  • Ótimo resultado estético;
  • Diminuição do desperdício e geração de entulho;
  • Sustentabilidade, canteiro de obra mais limpo, organizado e com menor impacto ambiental;
  • Menor estrutura administrativa, de acompanhamento e controle;
  • Redução de mão-de-obra e ociosidade;
  • Flexibilidade nos projetos;
  • Integração a outros sistemas construtivos;
  • Previsão e possibilidade de ampliação futura da estrutura; 
  • Possibilidade de desmontagem e aproveitamento da estrutura;
  • Baixo custo de manutenção; 
  • Segurança e melhor desempenho da estrutura;
  • Estrutura menos suscetível a variações climáticas;
  • Vãos livres maiores;
  • Redução no custo de seguros;
  • Maior resistência o fogo;
  • Apesar de bastante racional a utilização de estruturas pré-moldadas pode apresentar algumas desvantagens, podemos citar:
  • Investimento inicial maior;
  • Definição prévia de projetos complementares;
  • Necessidade de planejamento e compatibilização de projetos;
  • Necessidade de mão de obra qualificada;
  • Acesso e logística para obra.

 

Os sistemas construtivos industrializados representam uma evolução na construção civil, possibilitando incrementar a produtividade, aprimorar o controle, qualidade e desempenho, proporcionando agilidade às obras com maior sustentabilidade.  O desenvolvimento e evolução desta tecnologia, garante versatilidade para os profissionais de projeto no desenvolvimento de excelentes soluções técnicas, estéticas e funcionais.